No passado dia 22 de Setembro, foi celebrada a Missa Solene da Irmandade Militar de Nossa Senhora da Conceição

No passado dia 22 de Setembro, foi celebrada a Missa Solene da Irmandade Militar de Nossa Senhora da Conceição na igreja de Santa Cruz em Lamego.
Presidiu à Solene Concelebração, Sua Excelência Reverendíssima o Senhor Dom António Couto, Bispo de Lamego, sendo concelebrantes o Reverendo Padre Doutor João Carlos Morgado, Pró-Vigário Geral da Diocese de Lamego e Reverendo Doutor Padre Joaquim Proença Dionísio, Reitor do Seminário Maior de Lamego, o Reverendo Padre Tiago André Ribeiro e Pinto, Pároco do Seixal da Diocese de Setúbal e Sacerdote Capelão desta Irmandade e o Reverendo Capelão Militar do CTOE.

Um destacamento de soldados do CTOE fez a guarda de honra ao altar e todos os actos militares subsequentes.

Estiveram presentes o Presidente interino desta Irmandade Militar, Capitão-de-fragata Pedro Gil Miranda de Castro, o Presidente da Mesa da Assembleia Irmandade, Tenente-General Cipriano Fernandes Alves, o Vice-presidente do Conselho Fiscal, Dr. Manuel Mouzinho de Albuquerque Mascarenhas Gaivão, e os demais membros dos órgãos directivos e a generalidade dos membros desta Irmandade Militar.

Como convidados, assistiram a esta Concelebração, o Senhor Tenente Coronel Monteiro em representação do Comandante do CTOE, o Senhor Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lamego, Engº António Manuel Gomes Alves da Silva e o representante da Santa Casa da Misericórdia de Lamego – Dr. António Pinto Carreira.

Em representação da Ordem de Cavalaria do Santo Sepulcro de Jerusalém, esteve o Senhor Dr. Álvaro Manuel de Nogueira Barba de Menezes.
Durante a Missa e no Ofertório Solene, foram colocados sobre o altar a Bandeira Nacional e o “Livro da Pátria”, livro que contém a relação de todos os militares e civis que durante a Guerra Peninsular e em outras campanhas do século XIX, de todo século XX e os que, já neste século, morreram ao serviço de Portugal.

A Missa foi acompanhada pelo “Coro da Catedral”, acompanhado por um grupo orquestral, sob a direcção do Reverendo Padre Marcos Alvim.

Antes do final da Santa Missa, o Presidente da Irmandade concretizou a homenagem póstuma ao Senhor Coronel António Feijó de Andrade Gomes, efectuando a leitura de um documento que foi assinado por todos os membros dos órgãos directivos e que depois foi entregue aos representantes da Família.

Finda a cerimónia religiosa, os membros desta Irmandade Militar e seus convidados dirigiram-se para a Parada de Honra do Quartel de Santa Cruz, onde tomaram parte na “Cerimónia de Homenagem aos Mortos em Combate”.

 

GALERIA DE IMAGENS DA CERIMÓNIA